PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Djokovic lembra Aberto da Austrália de 2008 como "trampolim para carreira"

13/01/2019 06h34

Melbourne (Austrália), 13 jan (EFE).- O sérvio Novak Djokovic, atual número 1 do mundo, afirmou neste domingo que o Aberto da Austrália que conquistou em 2008, o primeiro dos seus títulos de Grand Slam, lhe serviu como "um grande trampolim na carreira para poder ter ganhado todos os grandes torneios mais adiante".

"Nessa época eu era um rapazinho com potencial e talento que estava construindo meu futuro no tênis. No entanto, quando você consegue um Grand Slam, é diferente. Foi uma experiência incrível", declarou o sérvio na entrevista coletiva prévia ao início da fase final.

Djokovic, que enfrentará nesta terça-feira na primeira rodada o americano procedente Mitchell Krueger, lembrou que sempre é um prazer voltar ao Melbourne Park para disputar um campeonato "muito especial".

"Tive muitos sucessos aqui e acredito que, em parte, é devido tanto ao apoio da comunidade sérvia na Austrália, como ao público internacional presente. As pessoas chamam este torneio de "Happy Slam" porque há muito boas vibrações ao redor de toda a cidade durante as duas semanas de torneio", comentou.

Na coletiva desse domingo, o sérvio lamentou também a decisão tomada nesta sexta-feira pelo britânico Andy Murray sobre sua retirada das quadras após a conclusão de Wimbledon.

"Todos pudemos ver Andy sendo um dos jogadores mais em forma do circuito, sempre devolvendo uma bola mais. Nós dois crescemos juntos jogando os mesmos torneios e é muito doloroso ver esta situação", admitiu Djokovic. EFE

Esporte