PUBLICIDADE
Topo

Esporte

City leva susto mas bate Southampton e volta a ficar a 7 pontos do Liverpool

30/12/2018 14h22

Southampton (Inglaterra), 30 dez (EFE).- O Manchester City encerrou série de duas derrotas seguidas no Campeonato Inglês neste domingo, ao vencer o Southampton por 3 a 1, fora de casa, resultado que voltou a deixar os comandados pelo espanhol Josep Guardiola a sete pontos de distância do Liverpool.

Batido de virada por Crystal Palace e Leicester, nos compromissos mais recentes, os 'Citizens' abriram o placar aos 10 do primeiro tempo, com gol do meia espanhol David Silva. O fantasma de uma nova derrota começou a assombrar os visitantes aos 37, quando o volante dinamarquês Pierre-Emile Hojbjerg deixou tudo igual.

Os 'Saints' até ameaçaram complicar mais a vida do adversário, que deixou o ritmo cair após marcar no início. A sorte ajudou e, aos 45, o volante inglês James Ward-Prowse acabou marcando contra as próprias redes. Três minutos depois, ainda antes do intervalo, o argentino Sergio Agüero deu números finais ao duelo.

Na etapa complementar, o time de Manchester soube controlar a partida e não chegou a ser ameaçado. Aos 40, o Southampton ficou com um homem a menos em campo, devido a expulsão direta de Hojbjerg, punido por falta dura em Fernandinho.

Além do ex-Atlético Paranaense, o City contou também com o goleiro Ederson e o lateral-direito Danilo entre os titulares. O atacante Gabriel Jesus, por sua vez, saiu do banco aos 28 do segundo tempo, para substituir Agüero.

Com a vitória, os comandados por Guardiola chegaram aos 47 pontos, contra 54 do Liverpool, que ontem goleou o Arsenal por 5 a 1, no estádio Anfield Road. Os dois primeiros colocados da competição se enfrentarão na próxima quinta-feira, no Etihad Stadium.

O Southampton, por sua vez, segue estacionado na marca de 15 pontos e só não está na zona de rebaixamento pelo saldo de gols superior ao do Burnley, que subiu para a 18ª e antepenúltima colocação ao bater o West Ham por 2 a 0, em casa.

O atacante neozelandês Chris Wood e o meia inglês Dwight McNeil fizeram os gols que derrubaram o time do meia Felipe Anderson, que ficou 90 minutos em campo no estádio Turf Moor. EFE

Esporte