PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Casemiro cobra respeito do Real pelo Al Ain na decisão do Mundial

Casemiro abraça Gareth Bale em vitória do Real Madrid sobre o Kashima Antlers - Kamran Jebreili/AP
Casemiro abraça Gareth Bale em vitória do Real Madrid sobre o Kashima Antlers Imagem: Kamran Jebreili/AP

19/12/2018 19h20

O volante Casemiro, que voltou a atuar pelo Real Madrid nesta quarta-feira, após mais de um mês de afastamento, cobrou respeito de seus companheiros pelo Al Ain, adversário da equipe espanhola na final do Mundial de Clubes no próximo sábado.

"É preciso ter o máximo respeito ao Al Ain por terem chegado na final. Temos de encarar a partida com a mesma seriedade de sempre. Será difícil. Se chegaram à final, foi pelos méritos próprios e isso é preciso ser respeitado. Para nós, este título é muito importante", disse o brasileiro em entrevista ao canal do Real.

O time dos Emirados Árabes passou na terça pelo River Plate nos pênaltis. Nesta quarta, o Real derrotou o Kashima Antlers por 3 a 1, em partida que marcou o retorno de Casemiro dos gramados após sofrer lesão no tornozelo direito. A última partida do volante havia sido no dia 11 de novembro.

"Estou muito feliz de voltar a jogar, de voltar a estar com meus companheiros dentro do campo. Para mim, foi complicado, uma lesão difícil. Mas, outra vez, já estou a disposição do treinador", garantiu o ex-São Paulo.

"Primeiramente, gostaria de agradecer ao departamento médico, à comissão médica e aos fisioterapeutas. Eles me ajudaram muito. Sempre me tratavam com muito carinho. Me ajudaram a voltar mais forte e a ser feliz neste momento", completou o brasileiro, que atuou hoje por 16 minutos.

Esporte