PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Chelsea empata na Hungria e não consegue manter 100%; Sevilla se classifica

13/12/2018 18h06

Redação Central, 13 dez (EFE).- O Chelsea, que entrou em campo já classificado, empatou com o Vidi em 2 a 2, na Hungria, e não conseguiu encerrar a participação no grupo L da Liga Europa com 100% de aproveitamento, feito que o Eintracht Frankfurt alcançou no grupo H, ao bater a Lazio, na Itália.

Com cinco vitórias obtidas até então e a liderança da chave já assegurada, os 'Blues' abriram o placar aos 30 do primeiro tempo, com gol do meia Willian, cobrando falta. Dois minutos depois, no entanto, o zagueiro inglês Ethan Ampadu fez contra e igualou.

Na etapa complementar, o campeão húngaro resolveu aprontar e virou, graças a golaço do meia francês Loic Nego. Também com estilo, o atacante francês Olivier Giroud deu números finais ao duelo, em falta da entrada da área que acertou o ângulo direito do goleiro Adam Kovacsik.

Com a vitória, o Chelsea chegou a 16 pontos, e talvez tenha fugido da "maldição do 100%" na Liga Europa, pois, nenhuma equipe que venceu os seis jogos, desde que o formato atual foi adotado, em 2009-2010, conseguiu ir além das oitavas de final.

O Vidi, por sua vez, apesar do resultado histórico, acabou eliminado, pois, terminou com os mesmos nove pontos do BATE Borisov, mas, levou a pior no confronto direito, que é o primeiro critério de desempate. O time bielorrusso selou a classificação ao derrotar o PAOK Salônica, na Grécia, por 3 a 1.

O Eintracht Frankfurt conseguiu chegar aos 18 pontos, ao vencer a Lazio por 2 a 1, de virada, em pleno Estádio Olímpico, em Roma. Na segunda faixa de jogos, apenas o Red Bull Salzburg poderá igualar a pontuação, no grupo B, em visita ao Celtic.

Em jogo por chave já definida, inclusive com definição da liderança a favor da equipe alemã, e do segundo posto para o time italiano, os gols saíram no segundo tempo. O meia-atacante argentino Joaquín Correa fez para os anfitriões, mas, o meia bósnio Mijat Gacinovic e o atacante francês Sébastien Haller reverteram o placar.

Também pelo grupo H, o atual vice-campeão da Liga Europa, Olympique de Marselha, se despediu melancolicamente, ao perder em casa para o Apolon Limassol por 3 a 1. A equipe francesa, que já entrou em campo eliminada, marcou apenas um ponto na competição.

O Sevilla, que entrou em campo correndo risco de eliminação no grupo J, espantou a zebra ao vencer o Krasnodar, em seus domínios, por 3 a 0. Com o resultado, o time espanhol ainda ultrapassou o adversário direto, que também avançou, e assumiu a primeira posição.

O atacante francês Wissam Ben Yedder marcou duas vezes e foi o artilheiro da partida. O meia argentino Ever Banega, de pênalti, fez o terceiro dos anfitriões, cobrando pênalti. Autor da falta que originou o terceiro gol, o lateral-esquerdo equatoriano Cristian Ramírez foi expulso e deixou a equipe russa com um a menos.

O Standard de Liége, que só se classificaria em caso de tropeço do Sevilla, não fez o dever de casa e empatou com o Akhisarspor, na Turquia, em 0 a 0. Os dois times, dessa forma, se despediram da competição.

No grupo G, todos os quatro integrantes entraram com chances de classificação. O Villarreal conquistou a primeira colocação, ao passar na Espanha pelo Spartak Moscou por 2 a 0, graças a gols do meia nigeriano Samuel Chukwueze e do atacante camaronês Karl Ekambi.

O Rapid Viena carimbou o passaporte à fase 16 avos de final ao derrotar o Rangers, do técnico inglês Steven Gerrard, por 1 a 0. O artilheiro solitário do duelo foi o meia austríaco Dejan Ljubicic.

O grupo I também tinha quatro times com possibilidades matemáticas de avançar. O Genk arrebatou a liderança ao golear o Sarpsborg, da Noruega, por 4 a 0. O atacante belga Zinho Gano, o meia-atacante ganês Joseph Paintsil, o meia norueguês Sander Berge, e o zagueiro ganês Joseph Aidoo fizeram os gols do jogo.

A grande decepção do dia na Liga Europa acabou sendo o Besiktas, do lateral-esquerdo Adriano e do atacante Vágner Love, que perdeu para o Malmo por 1 a 0, em casa, e acabou eliminado precocemente. O atacante sueco Marcus Antonsson foi o algoz do time de Istambul.

O Rennes garantiu classificação no grupo K, ao vencer duelo direto com o Astana por 2 a 0. O nome da partida foi o atacante senegalês Ismaila Sarr, que balançou a rede duas vezes, a primeira delas, de pênalti. No outro jogo da chave, o classificado Dínamo de Kiev perdeu para o eliminado Jablonec por 1 a 0, na Ucrânia.

Esporte