PUBLICIDADE
Topo

Esporte

No dia seguinte ao adeus, Alonso volta a pilotar uma McLaren no Bahrein

26/11/2018 10h54

Redação Central, 26 nov (EFE).- O espanhol Fernando Alonso, apenas 17 horas depois da última prova do Campeonato Mundial de Fórmula 1, voltou a pilotar a McLaren nesta segunda-feira, em evento realizado no circuito de Sakhir, no Bahrein.

O duas vezes campeão da categoria faria uma sessão de troca de carros com o americano Jimmie Jonhson, 14º colocado na temporada da Nascar.

De acordo com a programação divulgada pelos organizadores, Alonso guiaria o protótipo da tradicional categoria americana, e Johnson pilotaria uma McLaren, utilizada na temporada 2013.

Na última hora, no entanto, o espanhol pediu para utilizar o carro da escuderia britânica por algumas voltas, para ajustá-lo para o piloto da Nascar. A troca, assim, aconteceria mais tarde (hora local).

Questionado sobre a possibilidade de correr na Nascar, depois de atuar na Fórmula Indy e no Mundial de Endurance (WEC), Alonso preferiu desconversar, mas, também evitou fechar as portas.

"É pura diversão, nesse momento, mas, não posso dizer 100% que não me divertirei o suficiente, para poder pensar em ter uma oportunidade no futuro", afirmou.

Esporte