PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente do COI visita instalações de Tóquio 2020 em Fukushima

25/11/2018 01h27

Tóquio, 25 nov (EFE).- O presidente do COI, Thomas Bach, fez neste sábado uma viagem a Fukushima, no nordeste do Japão, no qual visitou as instalações que sediarão competições de beisebol e softbol durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020, segundo divulgou o órgão na madrugada de hoje.

Bach se reuniu durante a visita com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e atletas da região, que foi atingida pelo terremoto e tsunami de 11 de março de 2011, segundo o Comitê Olímpico Internacional (COI) no seu comunicado.

O presidente da entidade esportiva visitou o estádio Fukushima Azuma, que acolherá parte das competições de beisebol e softbol dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020, e onde teve um encontro com Abe.

Bach se mostrou "muito impressionado" com o progresso da reconstrução e disse estar "feliz que o esporte tenha um papel tão importante na recuperação psicológica do povo".

O chefe do Governo japonês agradeceu a "coragem" do COI ao escolher Fukushima como uma das sedes de Tóquio 2020 e transmitiu o desejo do Japão de "mostrar o progresso na recuperação da região".

Bach, que esteve acompanhado de personalidades do governo e do COI, também se reuniu durante a visita com desportistas, entre eles três jogadores de beisebol que foram afetados pelo desastre e lhe relataram como o esporte os ajudou a suportá-lo.

"O esporte e o beisebol deram esperança a vocês e às famílias de vocês. E o esporte ajudou a superar muitos desafios, além de dar a oportunidade de conhecer companheiros e amigos. Afinal, disso se trata o esporte", disse Bach aos atletas.

Em outro gesto simbólico com a região danificada, Fukushima será a primeiro etapa do revezamento da tocha olímpica em sua chegada ao país asiático no período anterior aos Jogos e o estádio Miyagi receberá alguns jogos de futebol durante a competição.

Esporte