PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Delegação da Lazio visitará Auschwitz após ação antissemita de torcedores

"Somos todos Anne Frank": folhetos são distribuídos em jogo entre Bologna e Lazio - Gianni Schicchi/AFP
"Somos todos Anne Frank": folhetos são distribuídos em jogo entre Bologna e Lazio Imagem: Gianni Schicchi/AFP

29/10/2018 13h43

Roma, 29 out (EFE).- Uma delegação da Lazio, acompanhada pela prefeita de Roma, Virgínia Raggi, e cerca de 200 jovens, visitará a partir deste domingo o campo de concentração de Auschwitz, na Polônia, segundo informaram nesta segunda-feira (29) fontes da Câmara Municipal da capital italiana à Agência Efe.

O grupo passará pelo local durante três dias, em ato que acontece um ano depois de escândalo envolvendo torcedores da Lazio, que durante jogo com o Caglari colaram diversos adesivos no setor do Estádio Olímpico destinado a seguidores da Roma, com ofensas antissemitas.

A ação provocou revolta, principalmente, pelo uso de imagens de Anne Frank, em montagem em que a escritora de origem judaica vestia a camisa da Roma. Na época, a diretoria da Lazio condenou os atos dos torcedores.

Além da prefeita Raggi, a delegação da Lazio será integrada por dirigentes e alguns jogadores das divisões de base do clube.

Esporte