PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dirigente destaca êxito político e econômico da Rússia com a Copa do Mundo

25/09/2018 11h42

Madri, 25 set (EFE).- O presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2018, Alexey Sorokin, garantiu nesta terça-feira que houve mudança na forma com que o mundo enxerga a Rússia e exaltou os ganhos econômicos, devido ao torneio.

"Todos os Mundiais são diferentes, e não há um manual organizador. Nossa receita foi tentar deixar felizes a todos, equipes, torcedores, que eram os mais variados, federações. O resultado foi incrível. Em nível internacional, mudou a percepção do nosso país", disse o dirigente durante o congresso "World Football Summit", que acontece em Madri, na Espanha.

No encontro, Sorokin apresentou os êxitos da realização da Copa do Mundo, apontando os benefícios para o desenvolvimento do futebol e para a economia russa.

"Nosso PIB cresceu de maneira importante. Nos preparativos, foram criados 200 mil postos de trabalho, algo sem precedente. Vieram mais de um milhão de turistas e nosso governo estendeu a duração dos cartões de identificação dos torcedores, que podem voltar", afirmou.

O dirigente destacou que foram mais de 1,8 milhão de visitantes, que se deslocaram por toda a Rússia, e que foram vendidos mais de três milhões de ingressos, para pessoas de diversas nacionalidades.

"Dos dez países que compraram mais entradas, só havia um europeu. Em segundo ficaram os Estados Unidos", destacou Sorokin.

Esporte