PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Furacão ajudou a afastar público dos Jogos Equestres, aponta organização

23/09/2018 15h55

Tryon (EUA), 23 set (EFE).- Cerca de 200 mil pessoas compraram ingressos para assistir competições dos Jogos Equestres Mundiais, que estão sendo realizados na cidade de Tryon, nos Estados Unidos, menos da metade do previsto inicialmente, admitiu neste domingo a diretora de operações do comitê organizador, Sharon Decker.

O número definitivo de entradas comercializadas durante os 13 dias de evento ainda não foi fechado, já que, durante a entrevista coletiva concedida pela dirigente, era possível adquirir ingressos para as provas de hoje, que fechavam os Jogos.

De acordo com Decker, as causas para que não fosse alcançada a meta, são várias, a principal, no entanto, foi a passagem do furação Florence pela costa sudeste dos Estados Unidos na semana passada, especialmente, pela Carolina do Norte, onde se localizada a cidade de Tryon.

"Teve um impacto absoluto", disse a diretora de operações, que se lembrou das recomendações para que as pessoas não viajassem para o estado, por causa dos efeitos do fenômeno natural, que eram divulgados pelos meios de comunicação, inclusive, em escala internacional.

O furacão, que causou a morte de 36 pessoas e provocou inundações, forçou o cancelamento de toda a programação do último domingo, devido as más condições meteorológicas na cidade-sede.

O presidente do comitê organizador dos Jogos Equestres, Michael Stone, admitiu que outro problema foi a realização de parte das provas na parte da manhã (na hora local), para permitir que fossem assistidas via televisão na Europa.

O presidente da Federação Equestre Internacional, Ingmar de Vos, apesar do público abaixo do previsto, fez balanço positivo da competição, admitindo que, apesar dos desafios, se trataram de duas semanas "extraordinárias".

Esporte