PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Campeão mundial peso-pesado de boxe é pego no antidoping por anabolizantes

20/09/2018 11h01

Berlim, 20 set (EFE).- O campeão mundial dos pesos-pesados da Associação Mundial de Boxe (WBA, na sigla em inglês), Manuel Charr, testou positivo para os anabolizantes epitrembolona e drostanolona em um exame realizado no dia 31 de agosto, o que automaticamente cancela a luta contra o porto-riquenho Fres Oquendo programada para o próximo sábado.

O boxeador, que mora na Alemanha, reagiu com surpresa ao resultado e garantiu aos jornais alemães "Bild" e "Express" que não ingeriu substâncias proibidas pelo regulamento.

"Estava treinando e fiquei consternado. Nunca tomei nada proibido. Talvez haja algo aí. Falei com meu médico, que me deu chás que eram puras misturas de vitaminas", disse Charr ao explicar que mudou sua alimentação e tomou suplementos alimentares.

A contraprova ainda não foi aberta, mas, caso que também tenha resultado positivo, o pugilista pode receber uma suspensão de seis meses a um ano.

Charr nasceu no Líbano e tem nacionalidade síria, mas solicitou a cidadania alemã. Ainda sem conclusão, o processo está em curso desde 2015.

"Eu pratico boxe para a Alemanha. Para mim, isso é óbvio. Eu me sinto alemão e nada mudou nisso", comentou.

O pugilista já teve problemas com a justiça comum. Em 2006, foi detido após se envolver em uma briga e ser acusado de tentativa de homicídio, mas acabou absolvido ao provar que agiu em legítima defesa. No início de 2011, Charr foi detido em uma investigação contra ladrões de carros, mas o processo contra ele foi arquivado.

Esporte