PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após vitória sobre o Cruzeiro, Boca faz clássico com River pelo Argentino

20/09/2018 16h52

Buenos Aires, 20 set (EFE).- O Boca Juniors, quatro dias depois de vitória com o Cruzeiro, em jogo polêmico pela Taça Libertadores, encarará neste domingo o River Plate, em clássico pela sexta rodada do Campeonato Argentino, competição é liderada de maneira isolada pelo Racing.

Em La Bombonera, o time comandado por Guillermo Barros Schelotto passou pela Raposa por 2 a 0, com gols do atacante Mauro Zárate e do meia Pablo Pérez. Com o resultado a equipe ficou muito perto de se garantir nas semifinais da competição continental.

Aos 28 do segundo tempo, quando o placar ainda era mínimo, o Boca ficou com um homem a mais, pela expulsão do zagueiro Dedé, por causa de choque com o goleiro Esteban Andrada. Inicialmente, o árbitro paraguaio Eber Aquino não marcou falta, mas, após consultar o VAR, considerou o lance uma infração e exibiu o cartão vermelho.

Neste domingo, o time 'xeneize' enfrentará o River Plate, outro clube da Argentina envolvido nas quartas da Libertadores, em La Bombonera. Os 'Millonarios' visitaram o Independiente, em Avellaneda, e conseguiram sair de campo com empate em 0 a 0.

No campeonato local, o Boca está em situação melhor na tabela, aparecendo no terceiro lugar, com dez pontos. O adversário no Superclássico, que começou a competição de maneira irregular, conseguiu saltar na rodada passada para o décimo posto, com sete pontos.

Para o jogo deste domingo, Schelotto não terá a disposição o goleiro Andrada, que sofreu fratura no maxilar inferior e não deve mais jogar em 2019. Além disso, o meia colombiano Edwin Cardona é dúvida por causa de dores no joelho esquerdo.

No River, a boa notícia é o retorno do volante e capitão Leonardo Ponzio, que não encarou o Independiente, pela Libertadores, por estar suspenso. O meia Nacho Fernández, que não jogou em Avellaneda por causa de sobrecarga muscular, não tem escalação garantida no clássico.

Outro adversário de time brasileiro na competição continental, o Atlético Tucumán, derrotado pelo Grêmio por 2 a 0, em casa, na terça-feira, visitará neste domingo o San Martín de San Juan. O time azul e branco faz grande campanha no Argentino e é vice-líder, com 11 pontos.

O adversário da equipe comandada por Ricardo Zielinski, por sua vez, está na 19ª colocação, entre 26 equipes participantes. Ao mesmo tempo, o 'Verdinegro' está na zona de rebaixamento, na classificação que leva em conta a média de pontos dessa e das duas últimas temporadas.

Líder isolado, com 13 pontos, o Racing jogará na segunda-feira, depois que os principais concorrentes já tiverem entrado em campo para seus compromissos. 'La Academia', que tem 13 pontos, receberá o Unión, que vem bem na competição, ocupando o sexto lugar.

O atacante Ricardo Centurión, ex-São Paulo, que se recupera de lesão, seguirá de fora do time comandado por Eduardo Coudet.

A sexta rodada do Argentino será aberta nesta sexta-feira, com dois jogos. O San Lorenzo, 20º colocado, receberá o lanterna Patronato. Já o Godoy Cruz, que está na quarta posição, visitará o Colón, 22º na tabela.



Programação da sexta rodada do Campeonato Argentino:.



Sexta-feira.

San Lorenzo - Patronato.

Colón - Godoy Cruz.

Sábado.

Newell's Old Boys - Lanús.

Talleres - Vélez Sarsfield.

Defensa y Justicia - Estudiantes.

Banfield - Independiente.

Domingo.

Tigre - Huracán.

San Martín de Tucumán - Argentinos Juniors.

Gimnasia La Plata - Rosario Central.

San Martín de San Juan - Atlético Tucumán.

Boca Juniors - River Plate.

Segunda-feira.

Aldosivi - Belgrano.

Racing - Unión.

Esporte