PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com 2 gols brasileiros, Shakhtar arranca empate com o Hoffenheim na Ucrânia

19/09/2018 16h10

Kharkiv (Ucrânia), 19 set (EFE).- O Shakhtar Donetsk contou nesta quarta-feira com gols brasileiros para correr atrás do prejuízo no placar duas vezes e conseguir um empate em 2 a 2 com o Hoffenheim, em jogo disputado no Estádio Metalist, em Kharkiv, na Ucrânia, pela primeira rodada do grupo F da Liga dos Campeões.

No primeiro jogo pela fase de grupos da competição continental de sua história, o time alemão não se intimidou e saiu na frente logo aos 6 do primeiro tempo, graças a um gol do meia austríaco Florian Grillitsch.

O lateral-esquerdo Ismaily, que passou por pequenos clubes como Ivinhema, Desportivo Brasil e São Bento - e chegou a ser convocado uma vez por Tite para a seleção brasileira - recebeu passe do atacante Júnior Moraes, fez bela jogada individual e deu um leve toque para deixar tudo igual pela primeira vez.

Pouco antes do intervalo, aos 38, o Hoffenheim voltou a ficar na frente do marcador, graças a gol de cabeça do zagueiro norueguês Havard Nordtveit.

No segundo tempo, aos 14, o volante Taras Stepanenko chegou a balançar a rede, mas a arbitragem marcou impedimento no lance. Mais tarde, aos 36, o volante Maycon, ex-Corinthians, igualou em belo chute da entrada da área, apenas cinco minutos após entrar em campo.

Já nos acréscimos, o Shakhtar ficou muito perto de virar, quando o meia Marlos, que se naturalizou ucraniano, bateu firme, mas parou na defesa do goleiro alemão Oliver Baumann.

Além de Ismaily, Maycon, Marlos e Júnior Moraes, o time da casa ainda contou com Alan Patrick e Taison na partida. O atacante Fernando, contratado recentemente junto ao Palmeiras, por sua vez, passou 90 minutos no banco de reservas.

O Hoffenheim teve entre os titulares o atacante Joelinton, ex-Sport Recife, além do meia alemão Leonardo Bittencourt, filho de Franklin, ex-jogador de Fluminense e Bragantino. Ambos saíram de campo no decorrer da etapa final.

Esporte