PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Campanha obtém valor suficiente para corpo de jogador ser enviado ao Brasil

19/09/2018 14h55

Teruel (Espanha), 19 set (EFE).- O Club Voleibol Teruel anunciou nesta quarta-feira ter angariado 9,3 mil euros (R$ 44,9 mil), em pouco mais de um dia, para custear as despesas do transporte do corpo do líbero Vinicius Noronha para o Brasil.

A campanha de arrecadação foi lançada horas depois de o jogador ser encontrado morto, em casa. O laudo preliminar da autópsia apontou para "morte súbita" como causa, segundo revelou à Agência Efe o presidente do atual campeão espanhol, Carlos Ranera.

Conforme as informações divulgadas pelo clube, o dinheiro conseguido já supera o necessário para viabilizar o transporte do corpo de Vinicius. Todo o restante do valor será encaminhado aos familiares do atleta.

Mais cedo, Ranera afirmou que o corpo ainda não havia sido transportado para o Brasil "por temas burocráticos".

Hoje, uma missa realizada na cidade de Teruel homenageou Vinicius. A cerimônia foi organizada pela diretoria do clube e teve também representantes da liga que organiza o Campeonato Espanhol, de adversários na competição nacional, torcedores e amigos do líbero.

Além disso, a prefeita da cidade, Emma Buj, e representantes do governo de Aragón acompanharam a missa.

O relatório preliminar da autópsia apontou que Vinicius sofreu uma "morte súbita", de acordo com relato do dirigente da equipe que o líbero defendia. A análise definitiva ainda será divulgada e detalhará as causas.

Esporte