PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Brasileiro fica em 6º no adestramento paraquestre nos Jogos Equestres

18/09/2018 17h33

Tryon (EUA), 18 set (EFE).- O cavaleiro brasileiro Marcos Fernandes Alves, o Joca, foi nesta terça-feira o sexto colocado na prova de adestramento paraquestre em grau II nos Jogos Equestres Mundiais disputados na cidade de Tryon, nos Estados Unidos.

Joca, acompanhado pelo cavalo Vladimir, conseguiram o resultado final de 64,382%, longe dos 72,735% da dinamarquesa Stinna Tange Kaastrup, que levou a medalha de ouro. A prata ficou com o austríaco Pepo Puch (72.676%) e o bronze com a holandesa Nicole Den Dulk (70,735%).

Segundo a Federação Equestre Internacional (FEI), os atletas nesse grau, que costumam usar cadeira de rodas na vida cotidiana, têm uma deficiência severa no tronco e mínima nos membros superiores ou uma moderada do tronco, nas extremidades superiores e inferiores.

Esporte