PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atacante da seleção peruana quer "virar a página" da suspensão de Guerrero

23/05/2018 21h28

Lima, 23 mai (EFE).- O atacante Edison Flores afirmou nesta quarta-feira que a seleção peruana está focada em enfrentar a Dinamarca, sua primeira adversária na Copa do Mundo, e tenta deixars de lado a suspensão de Paolo Guerrero, que não poderá disputar o torneio.

"Ainda se fala muito sobre a ausência de Paolo. É lamentável que ele não possa estar conosco, mas temos grandes jogadores e precisamos 'virar a página'", disse o jogador do AaB Aalborg, da Dinamarca.

Flores, que marcou cinco gols nas Eliminatórias para a Copa e se tornou em um dos homens de confiança do técnico Ricardo Gareca disse que não sente que a responsabilidade dele aumentou após a suspensão de Guerrero.

"Não me encho de responsabilidade. Sei que os gols virão graças ao trabalho que posso estar fazendo ou por estar bem posicionado na pequena área. Sempre tento fazer o meu melhor, para ter o melhor rendimento em cada jogo e continuar crescendo", afirmou.

O atacante do AaB Aalborg fez uma avaliação minuciosa da seleção que os peruanos enfrentarão na estreia do Copa, que conhece bem de perto.

"A Dinamarca é forte no jogo aéreo. Os dinamarqueses são jogadores muito fortes mentalmente. E, fisicamente, eles também são brutais. Na parte técnica, eles estão crescendo de uma maneira muito rápida. Mas, sabemos que o jogador dinamarquês não nasce com muito jogo de bola e, tecnicamente, somos um pouco melhores", avaliou.

O técnico Ricardo Gareca teve à disposição no treino desta quarta-feira 23 dos 24 jogadores da sua pré-lista para a Copa. O último a se apresentar será o lateral esquerdo Miguel Trauco, que atua pelo Flamengo, e que se unirá à equipe nesta sexta-feira por causa do jogo com o River Plate, pela Taça Libertadores.

Esporte