PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Hamilton diz que "força do coração" o manteve na corrida após batida

29/10/2017 20h38

Cidade do México, 29 out (EFE).- Tetracampeão mundial de Fórmula 1 após o nono lugar obtido no Grande Prêmio do México neste domingo, o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) admitiu a frustração de ter caído para a última posição da corrida na primeira volta e explicou de onde tirou motivação para não desistir.

"Tive uma boa largada, mas não sei o que aconteceu na curva três. Dei muito espaço a Sebastian (Vettel). Depois disso era difícil lutar estando 40 segundos atrás (do penúltimo colocado, Carlos Sainz Jr.), mas a força do meu coração me permitiu seguir em frente sem me render. Este título, eu dedico a Deus, à minha família e à equipe", declarou o piloto de 32 anos.

Hamilton largou em terceiro, mas uma batida com Vettel derrubou ambos para o fundo do grid. Com uma corrida de recuperação, o britânico recebeu a bandeirada em nono e, como o alemão, vice-líder do Mundial, ficou em quarto, não pode mais alcançá-lo. A diferença entre é agora de 56 pontos e há apenas 50 em jogo, nos Grandes Prêmios do Brasil e de Abu Dhabi.

Esporte