PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Técnico do PSG minimiza expulsão mas pede para Neymar não cair em provocações

25/10/2017 12h46

Paris, 25 out (EFE).- O técnico espanhol Unai Emery, do Paris Saint-Germain, minimizou nesta quarta-feira a expulsão de Neymar no duelo com o Olympique de Marselha, domingo, pelo Campeonato Francês, mas pediu que o atacante brasileiro evite cair em provocações.

"É um jogador inteligente, consciente de tudo. O que aconteceu domingo servirá de aprendizado. Os jogadores do Marselha o empurravam, faziam faltas. É importante que os árbitros avaliem como controlar isso, mas ele não pode ceder, embora entenda que os atletas sejam essencialmente humanos", disse, em entrevista coletiva.

Domingo, no empate entre Olympique e PSG em 2 a 2, Neymar marcou, depois, recebeu cartão amarelo aos 39, por reclamação, e foi expulso apenas dois minutos depois, após discutir e empurrar o meia argentino Lucas Ocampos, que derrubou pouco antes, em falta marcada pelo árbitro.

Hoje, Emery deixou claro que o argentino Ángel di María será o substituto do craque brasileiro, no duelo desta sexta-feira com o Nice, pela 11ª rodada do Francês, no estádio Parc des Princes. O técnico ainda destacou a motivação do jgoador.

"Quando ele não joga, não fica feliz, é normal, mas segue trabalhando. Sempre está pronto para entrar no time. Fico feliz pela forma como trabalha diariamente. Na sexta-feira, será uma boa chance para ele", garantiu o espanhol.

Esporte