PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Barcelona se isola de torcida e jornalistas até duelo contra o Grêmio

23/10/2017 16h39

Guayaquil (Equador), 23 out (EFE).- O Barcelona de Guayaquil decidiu se isolar de jornalistas e torcedores até a próxima quarta-feira, quando receberá o Grêmio no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo para o jogo de ida das semifinais da Taça Libertadores.

Após a partida de ontem pelo Campeonato Equatoriano, na qual os reservas do Barcelona empataram por 3 a 3 contra o Nacional, a equipe principal treinou hoje em dois períodos, mas com portas fechadas para torcedores e jornalistas.

Sem chances de repetir o título do Equatoriano neste ano, o Barcelona foca na Libertadores e em vencer o Grêmio para chegar à final do torneio pela segunda vez. Em 1998, a equipe acabou derrotada pelo Vasco na grande decisão da competição continental.

Até então, o técnico Guillermo Almada deverá ter dois desfalque. O uruguaio Jonathan Álvez, suspenso, deve ser substituído pelo argentino Ariel Nahuelpan. Já Oswaldo Minda deve entrar no lugar do brasileiro naturalizado Gabriel Marques, também suspenso.

O Barcelona iniciou a disputa da Libertadores em um grupo com o atual campeão, o Atlético Nacional, o Estudiantes de La Plata e o Botafogo, com o qual se classificou para as oitavas de final.

Desde então, a equipe se transformou em carrasco dos brasileiros. Nas oitavas, eliminou o Palmeiras. Nas quartas, bateu o Santos.

Esporte