PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jonas faz 2 em vitória do Benfica e dispara na artilharia do Português

22/10/2017 20h23

(Atualiza com resultado de Sporting e Chaves).

Lisboa, 22 out (EFE).- O Benfica superou neste domingo, fora de casa, o Desportivo Aves por 3 a 1, em jogo que o atacante Jonas ampliou a vantagem na artilharia do Campeonato Português, ao balançar as redes duas vezes, em cobranças de pênaltis, em dia de goleada do Sporting sobre o Chaves.

O ex-Santos e Grêmio abriu o caminho para a vitória encarnada, ao estufar as redes aos 29 minutos do primeiro tempo. Em novo duelo com o goleiro português Quim, o brasileiro converteu novo tiro da marca fatal aos 34, dando números finais ao duelo.

O atacante suíço Haris Seferovic fez o segundo gol do Benfica, aos 5 da etapa complementar. Pouco depois, aos 31, o zagueiro Rodrigo Defendi, ex-Paraná Clube e Vitória, descontou para o recém-ascendido Aves.

Os gols de hoje fizeram Jonas chegar aos 11 gols no Português, quatro a mais que o atacante camaronês Vincent Aboubakar e o meia senegalês Moussa Marega, ambos do Porto, além do atacante holandês Bas Dost, do Sporting.

Com a vitória, o time do zagueiro e capitão Luisão e do meia Filipe Augusto, que foram titulares hoje - o goleiro Julio César e o atacante Gabigol ficaram no banco -, chegou aos 23 pontos, dois atrás do Porto, que ontem goleou o Paços de Ferreira por 6 a 1.

O Aves, por sua vez, está no 16º e antepenúltimo lugar, com apenas seis pontos.

O vice-líder Sporting, que tem os mesmos 22 pontos do Benfica, passou pelo Chaves, sem dificuldade, por 5 a 1, em casa. O grande nome do jogo foi Bas Dost, que balançou as redes em três oportunidades, no primeiro, segundo e último gol dos Leões na partida.

O atacante argentino Marcos Acuña também mostrou faro artilheiro e marcou duas vezes. O atacante brasileiro Davidson, com passagem pelo Fortaleza, descontou para os visitantes, já nos acréscimos do segundo tempo.

Mais cedo, o Tondela se afastou da zona de rebaixamento ao superar o Belenenses por 2 a 0, em casa. Os gols da equipe amarela e verde foram marcados pelo meia cabo-verdiano Hélder Tavares e o atacante brasileiro Murilo Freitas, ex-Mirassol.

A equipe lisboeta segurava o empate até os 45 minutos do primeiro tempo, quando o volante sueco Robert Persson foi expulso.

Esporte