PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Hamilton descarta erguer troféu nos EUA: "Falar em ganhar aqui é ridículo"

19/10/2017 18h03

Redação Central, 19 out (EFE).- O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, descartou qualquer possibilidade real de conquistar o título do Campeonato Mundial de Fórmula 1 neste fim de semana, em que será disputado o Grande Prêmio dos Estados Unidos, no circuito de Austin, no Texas.

"Falar em ganhar aqui é realmente ridículo. Não podemos esperar que Sebastian (Vettel) terá um fim de semana difícil. Eles serão rápidos, foram fortes o ano todo. Tiveram alguns problemas técnicos, mas o carro é tão bom como sempre", afirmou o dono do carro número 44, em entrevista coletiva.

Com a vitória há duas semanas, no GP do Japão, em Suzuka, Hamilton alcançou a marca de 306 pontos, contra 247 do vice-líder da temporada, que não conseguiu concluir a prova por causa de um problema na vela, de acordo com informação divulgada pela Ferrari.

Dessa forma, Hamilton pode conquistar o título neste domingo, se vencer em Austin, e Vettel não conseguir ir além do sexto posto. Outra possibilidade que garantiria o título ao britânico seria alcançar a segunda colocação, desde que o alemão termine do nono lugar para baixo.

"Está claro que eles serão fortes nessa e nas três próximas corridas. Eu sigo alerta e não relaxo. Não há razão para recuar, tenho que continuar em ritmo forte", garantiu o três vezes campeão mundial, em 2008, 2014 e 2015.

Hamilton descartou que tenha obsessão por garantir o título por antecipação, e que não se surpreenderia se a decisão fosse adiada até o GP de Abu Dhabi, no dia 26 de novembro, na última prova da temporada.

"Estou concentrado no campeonato até que acabem as quatro últimas corrida. Sinceramente, não me preocupa se aqui será o último grande prêmio ou não. Acredito só que ganhar essa prova é o mais importante para mim", garantiu o britânico.

Esporte