PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Alonso revela que tinha outras opções, mas preferiu continuar na McLaren

19/10/2017 17h13

Redação Central, 19 out (EFE).- O espanhol Fernando Alonso, que nesta quinta-feira anunciou que continuará na McLaren para a disputa da temporada 2018 da Fórmula 1, afirmou que tinhas outras opções para a sequência da carreira, mas ressaltou que a proposta da equipe britânica era a melhor.

"Deixamos todas as portas abertas. Conversei com todo mundo que que gostaria de conversar, com todos os projetos diferentes que tinha sobre a mesa. Mas o que mais me convencia era o da McLaren", disse Alonso em declarações publicadas pelo site "motorsport.com".

O bicampeão mundial, que está em Austin para a disputa do Grande Prêmio dos Estados Unidos, admitiu que a opção da McLaren por romper o vínculo com a Honda e acertar com a Renault como nova fornecedora de motores pesou em sua decisão. De volta à escuderia britânica desde 2015, o espanhol não obteve sucesso com a empresa japonesa como fabricante.

"Havia um problema particular com o motor que eles (McLaren) deveriam resolver, tinham de decidir se continuaram com a Honda ou trocariam de fornecedor. Foi preciso esperar outras semanas para ter toda a informação do motor Renault", revelou o piloto de 36 anos, que garantiu que continua bastante motivado.

"Estou empolgado para encarar o ano que vem. Algumas expectativas serão diferentes, com vontade de colocar a McLaren onde ela merece, mais ao alto, e ansioso para que chegue o GP da Austrália", destacou.

Este ano está marcado pela participação de Alonso nas 500 Milhas de Indianápolis. O bicampeão mundial de Fórmula 1 largou em quinto lugar e vinha tendo bom desempenho, mas o motor de sua McLaren-Andretti estourou, e ele não completou a prova. Apesar da aventura, o espanhol disse que não gostaria de mudar de categoria neste momento.

"A minha prioridade é a Fórmula 1, como já tinha dito várias vezes, mas nunca parei de dizer que para ser o melhor piloto é preciso vencer em novas categorias. Agora que a conversa com a McLaren já está resolvida, posso ver oportunidades de experimentar novidades, corridas de renome. Não há nada atualmente, mas a possibilidade está aberta", esclareceu o piloto, que não falou quanto tempo ainda tem de contrato com a equipe de Woking.

"As cláusulas do contrato normalmente não sao reveladas, e não vamos fazer isso agora. Mas é um contrato para longo prazo, em que iremos ver o andamento das coisas", limitou-se a dizer.

Esporte