PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Em noite dos goleiros, Real Madrid e Tottenham empatam em 1 a 1

17/10/2017 18h57

Madri, 17 out (EFE).- Real Madrid e Tottenham fizeram nesta terça-feira um confonto direto pela liderança do grupo H da Liga dos Campeões no estádio Santiago Bernabéu e, graças principalmente à boa atuação dos goleiros, empataram em 1 a 1.

Sem se intimidar por estar jogando na casa do 12 vezes campeão europeu, o time de Londres não se limitou a defender e ainda saiu à frente no placar, com gol contra de Varane. Ainda no primeiro tempo, em pênalti controverso, Cristiano Ronaldo deixou tudo igual.

Na etapa final, não faltaram chances para os dois lados na busca pela vitória. O Real foi para cima, e os 'Spurs' deram trabalho em alguns contra-ataques. Porém, brilhou a estrela de Keylor Navas, pela equipe anfitriã, e a de Hugo Lloris, defendendo a meta dos visitantes.

Embora os 'Blancos' possam lamentar por terem tropeçado como mandantes, o resultado pela terceira rodada foi bom para os dois times, que abriram boa vantagem na parte de cima da tabela. Ambos têm sete pontos, seis a mais que APOEL Nicosia e Borussia Dortmund, que empataram em 1 a 1 no Chipre.

Os dois confrontos desta terça se repetirão na quarta rodada, marcada para o dia 1º de novembro, mas com mandos de campo invertidos, em Wembley, na capital britânica, e no Signal Iduna Park, em Dortmund.

A grande novidade da escalação do Real Madrid foi o jovem lateral-direito Achraf, de apenas 18 anos, que teve a responsabilidade de substituir Carvajal, machucado. No Tottenham, o meia Dele Alli cumpriu o último de três jogos de suspensão por suspensão na Liga Europa passada e deu lugar a Sissoko.

O atual campeão esteve perto de abrir o placar logo aos quatro minutos de partida. Marcelo lançou da esquerda para a direita até Achraf, que cruzou na medida para Cristiano Ronaldo. O craque português cabeceou na trave, e, no rebote, Benzema concluiu pela linha de fundo.

Cristiano, como sempre, não se escondia, mas cometia alguns erros. Aos 11 minutos, o camisa 7 driblou Alderweireld, mas escorregou na hora de arrematar. Na sequência, aos 18, ele recebeu de Benzema e chutou cruzado para fora.

Um minuto depois, foi a vez do Tottenham ter grande chance. Após cobrança de escanteio da direita, Kane soltou um tiro de cabeça, para baixo, e Navas fez uma linda defesa. Em seguida, aos 20, Llorente dividiu com o goleiro costarriquenho e ia ficando em condições de marcar, mas Casemiro salvou.

Personagem importante nos dois primeiros gols, Aurier disparou com espaço pela direita e cruzou por baixo, aos 27 minutos. Kane tentou completar de letra e não deu em bola, mas ela bateu em Varane e entrou.

Em desvantagem no placar, o Real se soltou mais e foi povoando o campo de ataque. Aos 37, Modric deixou Benzema livre na área em lindo lançamento, mas o centroavante francês cabeceou para fora.

O empate aconteceu instantes depois, aos 42, em pênalti polêmico. Aurier deu carrinho desmedido na área, Kroos caiu, e o árbitro polonês Szymon Marciniak apontou para a marca da cal. Cristiano Ronaldo bateu no canto esquerdo, tirando do goleiro, e deixou tudo igual.

Em busca da vitória, o time anfitrião realizou uma "blitz" na parte inicial do segundo tempo. Aos oito minutos, Achraf fez o chuveirinho e Benzema cabeceou de dentro da pequena área. Lloris salvou de maneira espetacular com o pé.

O Real criava, criava e criava, mas esbarrava em grande atuação do goleiro francês. Aos 17, Casemiro acionou Cristiano Ronaldo, que invadiu a área e encheu o pé. Lloris "voou" e espalmou para fora. Na sequência, aos 19, o português tentou de novo, batendo cruzado, mas o camisa 1 interveio de nove.

O Tottenham saiu do sufoco e teve duas chances claras consecutivas em contra-ataques, num intervalo de dois minutos, mas desperdiçou ambas. Aos 25, Llorente colocou Kane na cara do gol, o centroavante buscou o cantinho esquerdo e Navas desviou com a ponta dos dedos. Aos 27, Eriksen escapou pela direita e soltou a bomba, mas o goleiro defendeu outra.

Isco tentou surpreender Lloris com um chute de muito longe, aos 31 minutos, mas, atento, o titular da seleção francesa defendeu com segurança.

Quem esperava um fim de jogo quente acabou se decepcionando. O Real continuou "acampado" no setor ofensivo, mas as finalizações se tornaram escassas. Na última delas, aos 43, Marcelo pegou sobra na entrada da área pela esquerda e bateu forte, mas Sánchez bloqueou.

Em Nicósia, os dois times viram a classificação para as oitavas de final ficar mais distante, já que vinham de duas derrotas e continuam sem vencer. Poté fez 1 a 0 para o APOEL, aos 17 minutos do segundo tempo, em rebote de chute de Ebecilio. Cinco minutos depois, Götze levantou e Sokratis deixou tudo igual.



Ficha técnica:.

Real Madrid: Navas; Achraf, Sergio Ramos, Varane e Marcelo; Casemiro, Kroos e Modric; Isco (Vázquez), Cristiano Ronaldo e Benzema (Asensio). Técnico: Zinedine Zidane.

Tottenham: Lloris; Aurier, Alderweireld, Sánchez e Vertonghen; Dier e Winks; Sissoko (Son), Llorente (Rose) e Eriksen; Kane. Técnico: Mauricio Pochettino.

Árbitro: Szymon Marciniak (Polônia), auxiliado pelos compatriotas Pawel Sokolnicki e Tomasz Listkiewicz.

Cartões amarelos: Cristiano Ronaldo (Real Madrid); Aurier (Tottenham).

Gols: Cristiano Ronaldo (Real Madrid); Varane (contra) (Tottenham).

Estádio: Santiago Bernabéu, em Madri.

Esporte