PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Chile defende vaga no G4 das Eliminatórias contra o Paraguai em Santiago

30/08/2017 15h53

Santiago (Chile), 30 ago (EFE).- Em quarto lugar nas Eliminatórias para a Copa de 2018, com 23 pontos, o Chile buscará uma vitória diante do Paraguai nesta quinta-feira no estádio Monumental, em Santiago, para se manter entre os quatro primeiros, que garantem vaga no Mundial da Rússia de forma direta.

Já a 'Albirroja', que disputou o torneio quatro vezes seguidas, de 1998 a 2010, ficou fora em 2014 e jogará todas as suas cartas pela classificação, já que é apenas a sétima colocada, com 18 pontos. A Argentina, que iria para a repescagem caso a disputa terminasse hoje, soma 22.

Na atual bicampeã da Copa América, os resultados vêm sendo favoráveis, mas o técnico Juan Antonio Pizzi mais uma vez se vê obrigado a lidar com polêmicas extraesportivas. O protagonista novamente é o meia Arturo Vidal, grande nome de 'La Roja' e um dos líderes do vestiário.

O meio-campista foi acusado de participar de uma festa realizada em um cassino, um tumulto que se prolongou até a manhã desta terça e terminou com a presença da polícia no local. Vidal admitiu que jantou no recinto, mas negou taxativamente ter participado da confusão.

O capitão da seleção chilena, o goleiro Claudio Bravo, saiu em defesa do companheiro de equipe e culpou a imprensa, que, segundo ele, deu uma importância maior que a necessária ao assunto.

No plano tático, Pizzi tem em mente uma formação inicial com poucas novidades. A novidade deverá ser a entrada do centroavante Nicolás Castillo, que vem se destacando com a camisa do Pumas, do México. Isso daria maior liberdade para Eduardo Vargas e Alexis Sánchez pelos lados do campo.

O Paraguai encara o duelo com a lembrança da vitória sobre os chilenos em setembro do ano passado, menos de dois meses depois de o adversário ter vencido a Copa América Centenário.

O grande problema para o técnico Francisco Arce é a falta de tempo para trabalhar com o elenco completo. Jogadores importantes, como o zagueiro Gustavo Gómez, o lateral Junior Alonso e o atacante Derlis González se apresentaram diretamente em Santiago nesta terça.

A esperança de gols é o atacante Lucas Barrios, do Grêmio, que não entra em campo pela 'Albirroja' desde o dia 6 de outubro de 2016, na derrota para a Colômbia por 1 a 0 em Assunção. Cinco dias depois, ainda ficou no banco na vitória sobre a Argentina, também por 1 a 0, mas não foi aproveitado.



Prováveis escalações:.

Chile: Bravo; Isla, Medel, Jara e Beausejour; Aránguiz, Vidal, e Díaz; Vargas, Sánchez e Castillo. Técnico: Juan Antonio Pizzi.

Paraguai: Silva; Robert Rojas, Paulo da Silva, Gómez e Alonso; Víctor Cáceres, Rodrigo Rojas, Bareiro e Óscar Romero; Almirón e Barrios. Técnico: Francisco Arce.

Árbitro: Néstor Pitana (Argentina), Hernán Maidana e Juan Pablo Belatti.

Estádio: Monumental, em Santiago.

Esporte