PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Marcelo Moreno critica ratificação de punição à Bolívia: "Tremenda injustiça"

29/08/2017 21h06

Lima, 29 ago (EFE).- O atacante Marcelo Moreno se mostrou indignado com a decisão anunciada nesta terça-feira pela Corte Arbitral do Esporte (CAS) de ratificar a punição à seleção boliviana pela escalação irregular do zagueiro Nelson Cabrera nas partidas contra Peru e Chile, em setembro do ano passado.

"Foi uma tremenda injustiça. Realmente nós contávamos com esses pontos para continuar na nossa briga nas Eliminatórias", declarou o centroavante, ex-jogador de Cruzeiro, Grêmio e Flamengo e que atualmente defende o Wuhan Zall, da segunda divisão chinesa.

'La Verde' havia vencido o Peru por 2 a 0 e empatado com o Chile em 0 a 0 no primeiro turno da classificatória. No entanto, com a punição, perdeu os quatro pontos conquistados e ficou com apenas dez, na vice-lanterna da tabela e sem chances de estar no Mundial da Rússia, no ano que vem.

Em sua chegada a Lima, para novo jogo contra os peruanos, Marcelo Moreno argumentou que os pontos foram obtidos de maneira justa em campo, em grandes partidas. Resignado, ele quer que a Bolívia deixe a amargura para trás e jogue bem contra a 'Blanquirroja' e o Chile, daqui a uma semana, em La Paz.

Esporte