PUBLICIDADE
Topo

Futebol

CAS mantém perda de 4 pontos da Bolívia nas Eliminatórias para Copa

Jogadores da Bolívia no jogo contra o Peru em 1 de setembro  - AFP PHOTO / Jorge Bernal
Jogadores da Bolívia no jogo contra o Peru em 1 de setembro Imagem: AFP PHOTO / Jorge Bernal

29/08/2017 12h24

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) divulgou nesta terça-feira ter rejeitado recurso da Bolívia contra a perda de quatro pontos nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, devido escalação de jogador irregular.

A decisão, com isso, deixa 'La Verde' sem chances de ir à Rússia no próximo ano. Além disso, mantém a Argentina fora da zona de classificação, na quinta posição, devido manutenção de resultado positivo a favor do Chile.

Em 1º de setembro do ano passado, a Bolívia empatou com o Peru em 0 a 0, cinco dias antes de superar os atuais campeões da Copa América. Posteriormente, no entanto, a Fifa considerou que o zagueiro Nelson Cabrera, que nasceu no Paraguai, mas se naturalizou, não cumpria todos os requisitos para atuar pelo país.

Com isso, em 27 de outubro, o Comitê de Disciplina da entidade internacional determinou a perda dos pontos, punição confirmada em 12 de janeiro deste ano.

A Bolívia, dessa forma, segue com dez pontos, na nona colocação, apenas a frente da Venezuela. A seleção já está sem chances de alcançar a quinta posição, ocupada pela Argentina, com 22 pontos, que a levaria para a repescagem, onde brigaria por uma das últimas vagas no Mundial.

O Chile, por sua vez, tem 23, ocupando o quarto lugar na tabela, que dá direito a vaga direta na Copa, beneficiado pelos três pontos agora confirmados no tribunal. A seleção peruana, por sua vez, fica com 18, na sétima colocação.
 

Futebol