PUBLICIDADE
Topo

Esporte

McGregor diz que luta contra Mayweather foi divertida, mas reclama de juiz

27/08/2017 08h22

Las Vegas (EUA), 27 ago (EFE).- O irlandês Conor McGregor, do MMA, derrotado neste domingo pelo boxeador americano Floyd Mayweather por nocaute técnico no décimo round, afirmou que a luta foi divertida, mas disse que o juiz principal foi precipitado.

"Foi uma luta divertida e espero que todos tenham aproveitado", afirmou o irlandês em entrevista após a derrota.

"Penso que era uma luta igual e que o juiz se precipitou ao pará-lo só porque eu estava um pouco cansado", completou McGregor.

Apesar das afirmações do irlandês, as imagens da luta mostram que ele recebeu uma sequência de 12 golpes no rosto sem responder nenhum. "Tenho que dar crédito a ele (Mayweather) porque seus socos foram muito precisos", admitiu o irlandês sobre o rival.

McGregor reconheceu que Mayweather, que anunciou que se aposentará para encerrar a carreira com 50 lutas e nenhuma derrota, tomou boas decisões no ringue durante todo o combate.

"Ele mostrou que é um boxeador muito focado, rápido, que não comete erros e que seleciona bem tanto seus movimentos como seus socos. Mas acredito que quando o juiz resolveu parar a luta, eu ainda estava nela. Considero que estava ganhando por 5 a 4 avaliando os nove rounds anteriores", afirmou o lutador.

As notas dos juízes, no entanto, também contradizem o irlandês, que venceu apenas três assaltos.

O lutador irlandês já tinha US$ 35 milhões garantidos antes de entrar no ringue. O valor pode ainda subir dependendo da porcentagem que ele irá receber pelas vendas da luta pela televisão.

Sobre a experiência de ter estreado no boxe, McGregor destacou que o estilo de luta era muito diferente do MMA.

O presidente do UFC, Dana White, disse ter ficado orgulhoso pelo comportamento de McGregor no ringue.

"Estou muito orgulhoso, foi uma luta diferente do que eu esperava. Ele fez dez rounds e isso é muito importante. Ele é um atleta raro e especial, dá seu máximo em tudo o que faz. Acredito que se tivesse começado como boxeador, teria sido muito bom", disse.

White, no entanto, descartou novos combates entre os campeões do UFC e astros do mundo do boxe.

Esporte