PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Hamilton celebra vitória em Spa, mas reclama de safety-car no fim da prova

27/08/2017 11h26

Spa (Bélgica), 27 ago (EFE).- O britânico Lewis Hamilton, vencedor do Grande Prêmio da Bélgica neste domingo, afirmou após a prova que o fim de semana foi muito bom para ele e para a Mercedes.

Ontem, Hamilton igualou o recorde histórico de 68 poles positions do alemão Michael Schumacher e hoje, com o triunfo, diminuiu para sete a vantagem do também alemão Sebastian Vettel (Ferrari), segundo na etapa disputada em Spa-Francorchamps, no Mundial de Pilotos.

"Sebastian me deu muito trabalho, mas era o que eu esperava. Por sorte, no fim, deu tudo certo", afirmou Hamilton, de 32 anos, e que completou o 200º Grande Prêmio da carreira hoje.

"Faz 21 anos que estive aqui pela primeira vez, na arquibancada, com o meu pai. Quando não éramos ninguém, meu sonho era o de chegar aqui. Para todos que tenham esse sonho, acreditem em si mesmos e nunca desistam", indicou o tricampeão mundial ainda no pódio.

Depois, em entrevista coletiva, Hamilton criticou a entrada do carro de segurança no fim da prova. O safety-car foi acionado após um acidente entre os dois pilotos da Force India, o mexicano Sergio Pérez e o francês Esteban Ocon, pouco antes da Eau Rouge, uma das curvas mais famosas da Fórmula 1.

"Não entendi porque a pista não estava suja. Acredito que a organização queria que houvesse uma nova corrida", disse.

Por causa da entrada do safety-car, Vettel encostou em Hamilton e tentou uma ultrapassagem na relargada, sem sucesso. O britânico também foi eficiente em abrir uma vantagem segura para o adversário e evitar novos ataques nas voltas finais da corrida.

"Antes disso, já sabíamos que a Ferrari tinha um bom ritmo ao longo de todo o fim de semana e eles evidenciaram isso na corrida. Ainda também não entendi porque o carro de segurança estava tão lento, imagino que esperava que todos ficassem mais colado. Isso me fez ter dificuldade para manter a temperatura dos pneus", indicou.

"No retorno da prova, Sebastian se aproximou muito e esteve prestes a passar na Eau Rouge, mas, por sorte, se aproximou muito e acabou tendo que tirar o pé", indicou Hamilton, que elogiou o adversário na briga pelo título da temporada.

"Ele fez uma grande corrida, foi muito consistente. Foi muito divertido competir contra ele, meio décimo de diferença em cada volta. Estou contente de ter me mantido na frente e ter vencido aqui na Bélgica", afirmou Hamilton.

Esporte