PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Barcelona oficializa contratação do francês Ousmane Dembélé

25/08/2017 12h59

Redação Central, 25 ago (EFE).- O Barcelona encerrou novela, enfim, e anunciou nesta sexta-feira a contratação do jovem atacante francês Ousmane Dembélé, de 20 anos, que chega do Borussia Dortmund e assinou contrato por cinco temporadas.

O jogador foi contratado por 105 milhões de euros (R$ 389 milhões), além de valores variáveis, a partir de objetivos estabelecidos em contrato com o clube alemão.

De acordo com comunicado divulgado hoje pelo Dortmund, o valor ainda pode subir mais 42 milhões de euros (R$ 155,6 milhões).

Com a conclusão do negócio, o substituto de Neymar é o reforço mais caro da história 'blaugrana'. O francês supera, justamente, o brasileiro, que chegou em 2013 por 99,1 milhões de euros (R$ 367,1 milhões, em valores atuais).

O ex-Borussia Dortmund, por outro lado, segue atrás do antigo jogador do Barcelona no ranking de maiores transferências da história do futebol mundial, já que Neymar foi contratado pelo Paris Saint-Germain por 222 milhões de euros (R$ 822,4 milhões).

O anúncio da contratação encerra uma novela iniciada semanas atrás, já diante da ida do atacante brasileiro para o PSG. O francês, nos últimos dias, inclusive, se recusava a treinar pelo Dortmund, devido a vontade de fechar com o clube catalão.

Dembélé, que desembarcará na Espanha neste domingo e realizará exames médicos no dia seguinte, assinou contrato válido até 2022, com cláusula de rescisão fixada em 400 milhões de euros (R$ 1,48 bilhão).

Formado nas divisões de base do Rennes, o promissor atacante, na temporada 2014/2015, ainda atuava na chamada Liga Regional, que estão abaixo da quinta divisão do futebol francês. Em outubro de 2015, assinou o primeiro contrato com a equipe.

Antes disso, Dembélé se envolveu na primeira polêmica, ao ficar insatisfeito por não receber oferta para firmar acordo e tentar forçar transferência, diante proposta do Red Bull Salzburg, da Áustria. Já em novembro, estreou no time principal do Rennes.

Eleito o melhor jovem do Campeonato Francês, logo na temporada de estreia, o atacante acabou negociado com o Borussia Dortmund, por 15 milhões de euros (R$ 55,5 milhões, em valores atuais), não sem antes cair em desgraça com a torcida, devido ao desejo de deixar o clube.

Na última edição do Campeonato Alemão, a única que participou, marcou seis gols e distribuiu 13 assistências. Em setembro do ano passado, estreou na seleção francesa, participando de amistoso com a Itália, em Bari.

Esporte