PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Kyrgios vence Ferrer e fará final de Cincinatti contra Dimitrov

19/08/2017 23h36

Redação Central, 19 ago (EFE).- O australiano Nick Kyrgios, número 23 do mundo, venceu neste sábado por 2 sets a 0, parciais de 7-6 (3) e 7-6 (4), o espanhol David Ferrer e fará a final do Masters 1.000 de Cincinnati contra o búlgaro Grigor Dimitrov, sétimo cabeça de chave.

Dimitrov, de 26 anos, também venceu por 2 sets a 0 (7-6 (4) e 7-6 (10)) o americano John Isner, e pela primeira vez, nas semifinais de um Masters 1.000, as duas partidas acabaram os quatro sets em desempates e sem que nenhum dos jogadores perdesse seu saque.

O duelo entre Dimitrov e Kyrgios, de 22 anos, será o segundo que vão a disputar como profissionais. O primeiro foi vencido pelo búlgaro, o Masters 1.000 de Indian Wells de 2015.

A final entre Kyrgios e Dimitrov é a primeira de um Masters 1.000 na qual não haverá nenhum dos quatro melhores classificados no Ranking da ATP desde a de Paris 2012, quando Ferrer foi o campeão, com jogadores que ainda não têm um título nesta categoria.

Já nas duplas, o brasileiro Bruno Soares e o inglês Jamie Murray, terceiros cabeças de chave, chegaram à final ao vencer por 2 sets a 0 (6-4 e 7-5) Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot.

Eles vão disputar o título de Cincinatti contra os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut, quintos cabeças de chave, que venceram por 2 sets a 0, parciais de 6-4 e 7-6 (9), o americano Ryan Harrison e o neozelandês Michael Venus.

Esporte