PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Gabriel Paulista comemora volta ao futebol espanhol e sonha com Copa do Mundo

19/08/2017 12h53

Valência (Espanha), 19 ago (EFE).- Reforço do Valencia para esta temporada, o zagueiro Gabriel Paulista, que estava no Arsenal, disse neste sábado durante sua apresentação que desde o começo viu com bons olhos uma volta ao futebol espanhol após dois anos e meio e admitiu sonhar com uma convocação para a Copa do Mundo de 2018.

"Já conheço o futebol da Espanha, joguei um ano e meio aqui. Não pensei duas vezes para voltar e agradeço à diretoria e à comissão técnica do Valencia por confiarem em mim. Estou ansioso para entrar em campo e ajudar minha equipe. A 'Premier League' me fez ter mais experiência e voltar mais forte", declarou o defensor brasileiro em entrevista coletiva.

Revelado pelo Vitória, Gabriel Paulista foi contratado pelo Villarreal em julho de 2013. No 'Submarino Amarelo', trabalhou com o técnico Marcelino García Toral, que atualmente comanda o Valencia. Um ano e meio depois, se transferiu para os 'Gunners'.

"Já tinha falado com o mister (Marcelino) antes de assinar, e ele me passou muita confiança. Já o conheço e sei como ele trabalha, por isso estou aqui. Já sabemos que é um campeonato muito difícil, mas começamos bem, com três pontos, e agora é preciso continuar trabalhando para ir para cima na tabela", comentou o novo camisa 5 do Valencia, que foi apresentado junto com o também zagueiro colombiano Jeison Murillo.

Gabriel sofreu uma grave lesão no joelho, mas garantiu estar praticamente recuperado. "Tive uma lesão muito complicada, mas agora já estou bem. Agora falta fazer reforço muscular, e acredito que em duas semanas estarei pronto para jogar", destacou o zagueiro, que não escondeu o desejo de disputar a Copa do ano que vem pelo Brasil.

"Agradeço ao Arsenal, pelo qual fui convocado pela primeira vez. Aqui vou trabalhar muito para poder ter outra oportunidade, nunca se sabe. Tenho que estar preparado, mas primeiro vou pensar no Valencia e em dar meu máximo aqui. Quero muito estar na Copa pela minha seleção", salientou.

Esporte