PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dortmund admite vender Dembélé, mas reitera que não o libera a qualquer preço

19/08/2017 13h28

Redação Central, 19 ago (EFE).- O Borussia Dortmund se mostrou neste sábado aberto a vender o atacante Ousmane Dembélé, alvo do Barcelona, mais reiterou que para isso qualquer interessado precisar atender à sua pedida, que imprensa alemã especula ser de 130 milhões de euros.

O diretor esportivo dos 'Aurinegros', Michael Zorc, externou a predisposição do clube de liberar o atleta francês, que se rebelou e tem faltado aos treinos.

"A nossa posição é clara. Se forem realizados os nossos desejos, Dembélé será transferido. Mas, caso contrário, ele continuará aqui", declarou o dirigente à emissora alemã "Sky Sports". "Não estamos dispostos a esperar até o último dia da janela de transferências com este tema", acrescentou o porta-voz, que destacou que o Dortmund quer resolver a situação na próxima semana.

Sem Dembélé, a equipe dirigida pelo técnico Peter Bosz estreou no Campeonato Alemão neste sábado com uma vitória sobre o Wolfsburg por 3 a 0 fora de casa.

Esporte