PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Chelsea afirma que Diego Costa é jogador do clube e deve voltar aos treinos

Diego Costa em ação pelo Chelsea na última temporada - Peter Nicholls/REUTERS
Diego Costa em ação pelo Chelsea na última temporada Imagem: Peter Nicholls/REUTERS

18/08/2017 10h51

O Chelsea se pronunciou nesta sexta-feira (18) sobre a situação do atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa, que não faz parte dos planos do técnico Antonio Conte e deseja deixar o clube, e exigiu que ele retome as atividades imediatamente.

"A nossa posição está muito clara e não queremos dizer isso mais vezes publicamente: dissemos que ele é jogador do Chelsea e que deve se reincorporar aos treinamentos", disse porta-voz do atual campeão inglês.

O jogador de 28 anos não se reapresentou a Conte, que, supostamente, o enviou uma mensagem de texto em junho dizendo que ele deveria procurar outra equipe. Desde então, o atacante, com um salário de 150 mil libras (R$ 613,5 mil) por semana, está no Brasil, mas os "Blues" querem que ele se reapresente.

Em entrevista à "ESPN", Diego afirmou que não quer voltar aos treinos por pensar que o clube vai fazê-lo treinar com os reservas.

O Chelsea pagou 32 milhões de libras ao Atlético de Madrid em 2014 para contar com o centroavante e agora quer de 40 a 50 milhões de libras para liberá-lo. O clube espanhol, que o quer de volta, está disposto a pagar 26 milhões de libras.

Futebol