PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Pilotos da F-1 e da MotoGP se manifestam sobre atentado em Barcelona

17/08/2017 15h16

Madri, 17 ago (EFE).- Os pilotos espanhóis Fernando Alonso, que disputa o Campeonato Mundial de Fórmula 1, Marc e Álex Márquez e Dani Pedrosa, do Mundial de Motovelocidade, se manifestaram nesta quinta-feira sobre o atentado terrorista ocorrido mais cedo em Barcelona.

"Que tristeza tudo o que está acontecendo em Barcelona. Todo meu apoio para as famílias das vítimas, feridos, nestes momentos difíceis. Força!", postou no Twitter o titular da McLaren, campeão mundial da F-1 em 2005 e 2006.

Líder da MotoGP, Marc Márquez, que é catalão, utilizou o Instagram para se pronunciar sobre o trágico acidente ocorrido em Las Ramblas, que deixou pelo menos dois mortos, com uma foto com a frase "Te Amo Barcelona", em diversas línguas.

"Estou chocado pelo que aconteceu em Barcelona. Me sinto impotente", escreveu na legenda o piloto.

Irmão mais jovem de Marc, Álex Márquez, que disputa a Moto2, também postou no Instagram uma mensagem, com uma imagem com a palavra Barcelona, em que a letra O foi substituída por um coração.

"Consternado com o que aconteceu em Barcelona. Muita força para todos os atingidos", disse o companheiro do ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, na Marc VDS Kalex.

Dani Pedrosa, que disputa a MotoGP pela Honda e também é catalão, nascido em Sabadell, na província de Barcelona, foi outro que se solidarizou através do Instagram.

"Meu coração está em Barcelona, com todas as vítimas e familiares. Muita força", afirmou o piloto.

Esporte