PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cristiano Ronaldo lamenta gol no fim e diz que Portugal não acendeu alerta

18/06/2017 17h34

Kazan (Rússia), 18 jun (EFE).- O atacante português minimizou o empate deste domingo com o México em 2 a 2, na estreia das duas seleções no grupo A da Copa das Confederações, garantindo que não é preciso acionar sinal de alerta.

"Tínhamos o jogo quase ganho e sofremos um gol nos últimos minutos", lamentou o camisa 7.

Os campeões europeus venciam a partida até os 46 minutos do segundo tempo, quando o mexicano Héctor Moreno marcou de cabeça. Antes, Ricardo Quaresma e Cédric Soares marcaram para os lusos, enquanto Chicharito Hernández anotou o primeiro golda 'Tri'.

"Estamos bem e tranquilos. Não vale a pena acionar o alarme. Agora, temos que pensar no próximo jogo, em que precisamos vencer", avaliou o atacante, na entrevista coletiva em que recebeu o prêmio de melhor jogador do duelo.

A segunda rodada do grupo A será disputada com dois jogos na próxima quarta-feira. Em Moscou, russos e portugueses se enfrentarão. Pouco depois, em Sochi, será a vez de os mexicanos encararem os neozelandeses.

Esporte