PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Piqué defende Luis Enrique de críticas da torcida

20/02/2017 18h37

Barcelona, 20 fev (EFE).- O zagueiro Gérard Piqué, do Barcelona, afirmou nesta segunda-feira que o elenco está "até a morte com Luis Enrique", após o técnico ter sido vaiado no Camp Nou em alguns momentos da vitória por 2 a 1 sobre o Leganés no domingo, pelo Campeonato Espanhol.

"Não entendemos os assobios. Quando Luis Enrique chegou, estávamos na m... absoluta", disse o jogador, que participou de um evento esportivo ao lado de Carles Puyol.

Além disso, lembrou que após um ano em branco às ordens do Tata Martino, o clube voltou a ganhar inúmeros títulos com a chegada de Luis Enrique, e pediu aos torcedores que reflitam porque sabe que alguns "não têm memória".

Sobre o atual momento do Barcelona, marcado pela goleada por 4 a 0 para o Paris Saint-Germain no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, em Paris, Piqué afirmou que "às vezes as coisas não saem e não há confiança".

"Há dias em que você joga bem e com vontade. Esta confiança, quando você perdendo jogos, também é perdida. A primeira coisa a ser feita é aceitar que não estamos em nosso melhor momento", ressaltou o jogador.

Esporte