PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fifa mantém punição de um ano para ex-presidente da Federação Alemã

Wolfgang Niersbach é ex-presidente da Federação Alemã de Futebol  - Reuters
Wolfgang Niersbach é ex-presidente da Federação Alemã de Futebol Imagem: Reuters

Da EFE

16/12/2016 10h42

O Comitê de Apelação da Fifa rejeitou o recurso do ex-presidente da Federação Alemã de Futebol (DBF) Wolfgang Niersbach contra a sanção de um ano imposta pelo Comitê de Ética por descumprir dois artigos da entidade.

O Comitê de Apelação da Fifa, presidido por Larry Mussenden, estimou o comportamento de Niersbach descumpriu os artigos 18 e 19 do Código de Ética, relativos ao dever de cooperação, informação e conflito de interesses na investigação sobre a concessão da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha.

Em outubro de 2015, Niersbach admitiu que recebeu o pagamento de US$ 6,7 milhões da Fifa, mas o desvinculou das acusações de compra de votos e ressaltou que o dinheiro foi para garantir uma subvenção de 250 milhões de francos-suíços para a organização do Mundial.

A condição para receber esse dinheiro consistia na transferência de 10 milhões de francos-suíços à Comissão de Finanças da Fifa, disse o ex-dirigente.

Após analisar o caso, o Comitê de Ética decidiu punir o ex-presidente. Hoje, o Comitê de Apelação considerou adequada a punição de um ano para Niersbach, em vigor desde 25 de julho de 2016.

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

Esporte