PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Apos mais de 1 ano, Tiger Woods voltará a competir nas Bahamas

30/11/2016 15h16

Redação Central, 30 nov (EFE).- O golfista americano Tiger Woods, ex-número 1 do mundo, voltará a competir após 16 meses por culpa de uma série de lesões e reaparecerá no Hero World Challenge, que começa nesta quinta-feira nas Bahamas.

A partir de amanhã, um dos melhores jogadores da história terá a oportunidade de voltar a pisar no gramado após uma ausência provocada por uma cirurgia nas costas.

"Estou muito contente com a maneira como estou batendo na bola, achei muito bom. Os greens e tudo de uma forma geral me pareceram rápidos demais pelo vento. Também há uma tempestade anunciada para a quinta-feira", afirmou Woods em entrevista prévia ao início da competição.

Para o americano, o tempo de recuperação para uma pessoa de sua idade (41 anos) não é o mesmo que para um jovem, sobretudo para golpear a bola a quase 300 metros de distância.

"Já não consigo fazer isso tão facilmente porque não tenho essa idade, requer tempo de preparação. Sobretudo, desde que me submeti a três operações de joelho e a outra de costas", disse o multicampeão.

O Hero World Challenge faz parte do circuito da PGA e é um torneio beneficente da fundação que leva o nome do golfista americano. Woods o venceu em cinco ocasiões, a última a 2011, e supera no histórico a Davis Love III e ao norte-irlandês Graeme Mcdowell, que obtiveram o troféu duas vezes cada.

O americano tem em seu histórico um total de 79 títulos da PGA americana, 14 deles do Grand Slam, o último em 2008, quando levou a melhor no US Open.

Desde então, sua melhor posição foi o quarto lugar no Masters de Augusta das edições de 2010, 2011 e 2013, um terceiro no The Open de 2012 e outra quarta posição no US Open em 2010.

Esporte