PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atletas russos subornaram IAAF para encobrir doping, diz jornal

25/11/2016 17h02

Paris, 25 nov (EFE).- Ao menos seis atletas russos subornaram membros da Federação Internacional de Atletismo (IAAF) para encobrir casos de doping antes dos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, e do Mundial de 2013 em Moscou, revelou nesta sexta-feira o jornal "Le Monde", baseado em fontes judiciais francesas.

De acordo com informações do "Le Monde", representantes da IAAF pediram entre 300 mil e 700 mil euros para esconder testes positivos dos atletas para que pudessem continuar concorrendo.

A investigação possui várias provas, segundo o jornal, que cita um e-mail do ex-presidente da Federação Russa de Atletismo, Valentin Balaknichev (2007-2015).

Segundo o "Le Monde", também está envolvido no esquema o ex-consultor de marketing da IAAF, o senegalês Papa Massata Diack, filho de Lamine Diack, presidente do órgão entre 1999 e 2015 e processado por corrupção por ter aceito dinheiro da Federação Russa de Atletismo por esconder positivos de doping.

Outros intermediários da rede, segundo o jornal francês, é o advogado Habib Cissé, ex-conselheiro jurídico do ex-presidente Diack, preso em outubro do ano passado na França.

Esporte