PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Murray vibra com título inédito e liderança do ranking: "É muito especial"

Reuters / Tony O"Brien
Imagem: Reuters / Tony O'Brien

20/11/2016 18h53

Londres, 20 nov (EFE).- Último dos integrantes do chamado "Big Four" a alcançar a liderança do ranking da ATP, o britânico Andy Murray externou neste domingo toda a felicidade por ter fechado a temporada como número 1 do mundo e lembrou as dificuldades que teve para ser um tenista de sucesso.

Murray confirmou a condição de líder com o título das Finais da ATP, obtido com uma vitória sobre o sérvio Novak Djokovic, seu concorrente direto, na decisão na O2 Arena, em Londres.

"Minha família fez muitos sacrifícios por mim e pelo meu tênis quando era pequeno, por isso é muito especial. Estou feliz por acabar o ano como número 1", discursou um emocionado Murray após a conquista.

O britânico é de uma família bastante ligada ao tênis. Sua mãe, Judy, é treinadora e foi capitã do Reino Unido na Fed Cup até março deste ano. Já seu irmão, Jamie, é parceiro de duplas do brasileiro Bruno Soares, formando o melhor time da temporada.

"É um dia muito especial. Jogar contra Novak em uma partida assim é maravilhoso. É uma rivalidade que vem de muito tempo atrás, e já tínhamos nos enfrentado em partidas de Grand Slam e Jogos Olímpicos. Perdi muitas vezes antes, mas hoje pude vencer", completou o escocês, que bateu Djokovic por 2 a 0, com 6-3 e 6-4.

Quer receber notícias do tênis de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Esporte