PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cibulkova bate Kerber e tem a maior conquista de sua carreira no WTA Finals

Wong Maye-E/AP
Imagem: Wong Maye-E/AP

Da EFE

30/10/2016 11h59

A bola tocou a fita e caiu mansamente no lado da alemã Angelique Kerber para dar neste domingo à eslovaca Dominika Cibulkova o título mais importante da carreira: a conquista do WTA Finals, em Cingapura, com vitória por 2 sets 0, parciais de 6/3 e 6/4.

Cibulkova, de 27 anos, chegou ao torneio como uma das três novatas neste ano, ao lado da tcheca Karolina Pliskova e da americana Madison Keys, e se tornou a primeira tenista da Eslováquia a vencer o torneio que encerra a temporada.

Vice-campeã do Aberto da Austrália há dois anos, Cibulkova precisou de uma hora e 16 minutos e quatro match points, desperdiçando um ao fazer dupla falta e os outros dois com erros não forçados.

Mas a eslovaca de 1,61 metros, uma das jogadoras mais baixas do circuito, não se desesperou e administrou as emoções. A sorte veio no último ponto, quando Kerber se arrastava de canto a canto da quadra, lutando até o limite.

Com o título, Cibulkova terminará a temporada como a quinta melhor tenista do ranking da WTA. Kerber já havia garantido, desde o início do torneio, o número um do mundo até o fim da temporada.

"Cheguei aqui pela primeira vez e saio campeã, é uma grande felicidade. Tive sorte na primeira fase (perdeu uma partida) e hoje voltei a ter na final. Kerber foi minha inspiração neste ano e este é o momento mais importante da minha carreira", disse a eslovaca.

Após o vice-campeonato, Kerber fez um balanço positivo desta temporada, na qual acabou líder do ranking e também no número de vitórias, 63 no total.

"Foi incrível porque ganhei dois Grand Slams (Aberto da Austrália e Aberto dos EUA) e hoje dei tudo o que tinha em quadra", acrescentou.
 

Esporte