PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Técnico uruguaio é demitido do comando da seleção do Catar

23/09/2016 16h36

Doha, 23 set (EFE).- O técnico uruguaio José Daniel Carreño foi demitido da seleção do Catar, confirmou nesta sexta-feira à Agência Efe a assessoria de imprensa da federação de futebol do país que sediará a Copa do Mundo de 2022.

Sob comando do ex-comandante do Nacional, LDU de Quito e Deportivo Cáli, entre outros, os catarianos ocupam a sexta colocação no grupo A da fase final das Eliminatórias do Mundial de 2018, que será disputado na Rússia.

A seleção do país foi derrotada por Irã e Uzbequistão, nos dois jogos que disputou até o momento. Nesta etapa da competição, as duas primeiras colocadas se garantem na Copa, enquanto a ocupante da terceira posição disputa repescagem.

De acordo com a imprensa do Catar, o principal favorito para assumir o comando da equipe nacional é o também uruguaio Jorge Fossati, ex-Internacional, que está atualmente no Al Rayyan, da primeira divisão do país.

O treinador já comandou a seleção catariana entre 2007 e 2008, durante as Eliminatórias para o Mundial da África do Sul, quando teve que pedir demissão devido problemas de saúde.

Esporte