PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lazio acusa o próprio atacante de inventar lesão para ficar fora de jogo

O atacante senegalês Keita Baldé em ação pela Lazio - Valerio Pennicino/Getty Images
O atacante senegalês Keita Baldé em ação pela Lazio Imagem: Valerio Pennicino/Getty Images

21/08/2016 13h51

A Lazio divulgou comunicado neste domingo (21) em que acusa o atacante senegalês Keita Baldé de fingir uma lesão no joelho esquerdo, para não atuar no duelo com a Atalanta, pela primeira rodada do Campeonato Italiano.

O atleta, que nasceu na Espanha e foi formado nas divisões de base do Barcelona, estaria tentando forçar a saída do clube italiano, inclusive, fazendo declarações agressivas e duramente ofensivas" contra a diretoria.

A atitude do jogador é classificada no texto como "inaceitável". De acordo com a Lazio, Baldé pediu para ficar fora do jogo de domingo com a Atalanta por causa da contusão, que não foi atestada por médicos do clube.

Nos últimos meses, o senegalês entrou em rota de colisão com a diretoria, depois de tentar uma melhora no contrato.

Claudio Lotito, presidente da Lazio e considerado de trato difícil com atleta, afirmou que os demais jogadores 'laziali' estão incomodados com a situação envolvendo Baldé, e que o clube vai lutar para defender seus direitos.

Esporte