PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cousins destaca lição de "quase derrota" para a Sérvia na 1ª fase

21/08/2016 19h41

Rio de Janeiro, 21 ago (EFE).- A apertada vitória dos Estados Unidos sobre a Sérvia por 94 a 91 em duelo equilibrado na primeira fase do torneio olímpico de basquete foi crucial para a conquista do ouro pelo time americano neste domingo no Rio de Janeiro, segundo o pivô DeMarcus Cousins.

O jogador do Sacramento Kings ressaltou que ele e seus companheiros tiveram que crescer de produção para voltarem a derrotar a seleção do Leste Europeu, mas desta vez com grande facilidade e em uma partida valendo medalha.

"(A pressão no primeiro confronto) foi a melhor coisa que podia ter acontecido com a gente. Nós tivemos que elevar nosso nível de jogo, porque sabíamos que não seria um passeio no parque", afirmou o pivô na zona mista de entrevistas da Arena Carioca 1 do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, palco da decisão do ouro.

"Acho que nós tornamos o jogo fácil por nós mesmos. Estávamos comprometidos em começar com tudo, então facilitamos as coisas", acrescentou, sobre a vitória dos EUA por 96 a 66.

Cousins também dedicou elogios ao companheiro Carmelo Anthony, que hoje conquistou sua quarta medalha olímpica. O ala do New York Knicks soma três ouros (Jogos de 2008, 2012 e 2016) e um bronze (2004).

"Ele é uma pessoa incrível, um líder incrível, ele fala por si. Ele mostra seu comprometimento, sua dedicação pelo trabalho, é um grande sujeito", disse.

Esporte