PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ala sérvio reconhece poderio dos EUA e comemora prata no basquete

21/08/2016 19h01

Rio de Janeiro, 21 ago (EFE).- A atuação de gala de Kevin Durant e cia na vitória dos Estados Unidos sobre a Sérvia por 96 a 66 na decisão do ouro do basquete masculino nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, neste domingo, fez com que o ala Marko Simonovic reconhecesse o talento dos americanos e que a medalha de prata no torneio é uma conquista que merece ser valorizada.

Autor de três pontos em 14 minutos em quadra, Simonovic admitiu que o segundo lugar no pódio foi comemorado por ele e seus companheiros, que consideravam este resultado como um "sonho".

"Eles merecem o ouro. Para nós, a participação foi um grande sucesso. No começo da preparação, a prata era um sonho para nós, e agora podemos vivê-lo", disse o jogador na zona mista de entrevistas do palco do duelo, a Arena Carioca 1 do Parque Olímpico da Barra da Tijuca.

"Os EUA têm 12 jogadores inacreditáveis, são grandes atletas, são muito fortes individualmente, têm muita habilidade. Não é fácil jogar contra eles, e temos muito orgulho da nossa medalha de prata", acrescentou.

Esporte