PUBLICIDADE
Topo

Esporte

'Gabigol' diz que jogadores souberam lidar com críticas para chegar ao ouro

20/08/2016 23h52

Rio de Janeiro, 20 ago (EFE).- Campeão olímpico com a seleção brasileira após vencer a Alemanha nos pênaltis neste sábado, o atacante Gabriel Barbosa ressaltou a forma com que os jogadores receberam as críticas devido ao baixo desempenho no início da competição para conquistar o ouro.

"Fizemos um grande jogo, passamos por várias coisas e hoje somos campeões com uma medalha inédita. Acho que as críticas são normais, o futebol é assim. Somos os melhores do mundo, mas no próximo jogo já somos ruins de novo. Conseguimos manter a confiança e a alegria, tudo em um ambiente muito bom, isso ajudou bastante", disse.

Aos 19 anos, 'Gabigol' se disse orgulhoso por fazer parte da geração que trouxe o ouro inédito ao Brasil no futebol e evitou dizer se a conquista o credencia para a seleção principal.

"A gente, com pouca idade, já fez história e isso vai ficar guardado em nossas vidas. Deixa isso com o Tite, ele é qualificado para isso. Demos o nosso máximo hoje e uma resposta muito boa", comentou.

Sobre uma eventual saída do Santos após a participação nos Jogos Olímpicos, o jogador disse não ter nada acertado, mas disse que teria prazer em jogar no Barcelona ao lado de Neymar, com quem atuou na seleção olímpica e no clube paulista.

"Nem tive tempo de pensar ainda. Meu foco era totalmente aqui (na seleção), agora vou comemorar com meus pais. Neymar é um jogador muito qualificado, jogar com ele novamente seria muito bom", declarou.

Esporte