PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Bilardo diz que previu adeus de Messi por causa de críticas constantes

28/06/2016 16h54

Buenos Aires, 28 jun (EFE).- Técnico campeão do mundo com a seleção argentina em 1986, Carlos Bilardo disse nesta terça-feira que já imaginava a situação envolvendo o craque Lionel Messi, que decidiu não atuar mais pela equipe nacional, após a derrota na final da Copa América.

"Há cinco anos, eu disse: não persigam mais Messi, porque este garoto, um dia, vai se irritar e não virá mais. Aí teremos que buscá-lo de joelhos. É exatamente o que está acontecendo agora", afirmou o ex-comandante.

Bilardo e outros campeões no México participaram de um evento hoje no Congresso da Argentina, em Buenos Aires, em que exibiram um cartaz com pedido para o camisa 10: #NoTeVayasLio ("Não se vá, Lio", em tradução livre).

"Para mim, foi uma reação imediata pela frustração de não ter conseguido atingir o objetivo. O deixem tranquilo, para que pense novamente no que disse. Tenho certeza que, passando o tempo, ele irá voltar a jogar pela Argentina", avaliou Jorge Burruchaga.

Entre os atletas que foram campeões e os membros da comissão técnica, o desfaque mais sentido no evento de hoje foi Diego Maradona, que ontem se manifestou defendendo Messi e a permanência dele na 'Albiceleste'.

Esporte