PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Argentina deixa Houston cheia de moral para revanche contra o Chile

23/06/2016 16h08

Houston (EUA), 23 jun (EFE).- A Argentina realizou nesta quinta-feira o segundo treino de preparação para a final da Copa América, o último em Houston, antes de viajar para Nova York, onde no próximo domingo enfrentará o Chile e terá a chance de vingar a derrota nos pênaltis na decisão do ano passado.

O técnico Gerardo Martino colocou quase todo o grupo para trabalhar na Universidade de Rice. As exceções foram o lateral-esquerdo Marcos Rojo, o volante Augusto Fernández e os meias Javier Pastore e Nicolás Gaitán, que têm problemas físicos e se exercitaram separadamente, além do atacante Ezequiel Lavezzi, que fraturou o cotovelo esquerdo.

Desses cinco, Fernández e Lavezzi são os únicos que já têm ausência confirmada na decisão. O primeiro será substituído por Lucas Biglia, enquanto o segundo provavelmente seria reserva mesmo se estivesse em condições, já que o meia Ángel Di María se recuperou de uma contusão na coxa direita.

Di María se mostrou pronto durante as atividades de toque de bola e depois em um coletivo descontraído com um grupo de jovens jogadores locais.

O ambiente na 'Albiceleste' é de otimismo e grande entusiasmo por ter a oportunidade de jogar outra final de Copa América e quebrar o jejum de títulos da equipe principal, que já é de 23 anos. A delegação argentina viajará às 18h (local, 19h de Brasília) de hoje para Nova Jersey.

Esporte