PUBLICIDADE
Topo

Esporte

LeBron James também dirá "não" aos Jogos Olímpicos

22/06/2016 18h26

Redação Central, 22 jun (EFE).- O ala LeBron James, imortalizado na história do Cleveland Cavaliers após a conquista do título da NBA no último domingo sobre o Golden State Warriors, tem tudo pronto para ser o próximo a pedir para não ser convocado para a disputa dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto.

Embora ainda não seja oficial, LeBron comunicará nas próximas horas à USA Basketball, organização responsável pela seleção americana, sua decisão de não fazer parte da equipe que defenderá o ouro olímpico obtido em 2008 e 2012, segundo fontes dos Cavaliers.

Eleito Jogador Mais Valioso (MVP) das finais da NBA, o ala prometeu nesta quarta continuar com a franquia durante o desfile de homenagem ao título. O astro participou das três últimas edições Jogos e é, junto com David Robinson, o atleta que mais defendeu a equipe masculina de basquete em torneios olímpicos, com 24 partidas.

A estrela do Cavaliers, o armador Chris Paul, do Los Angeles Clippers, e o ala Carmelo Anthony, do New York Knicks são os únicos a terem disputado também os Jogos de Atenas, de Pequim e de Londres.

Dentro da federação, já é dado como certo o pedido de dispensa de LeBron, que se tornaria o nono desfalque dos EUA. Também estão fora por opção os armadores Stephen Curry e Russell Westbrook e o ala-armador James Harden.

Já Chris Paul, o também armador John Wall, o ala Blake Griffin e os alas-pivôs Anthony Davis e LaMarcus Aldridge estão foras por problemas físicos.

Esporte