PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Guerrero quer ter companhia de Farfán no elenco do Flamengo

Guerrero abraça Farfán em jogo pela seleção peruana - Martin Mejia / AP
Guerrero abraça Farfán em jogo pela seleção peruana Imagem: Martin Mejia / AP

Da EFE, em Lima

25/05/2016 18h40

O atacante Paolo Guerrero garantiu nesta quarta-feira que deseja continuar no Flamengo até o fim do contrato, em 2018, e fez lobby para que o clube carioca contrate Jefferson Farfán, seu companheiro de equipe na seleção peruana por muitos anos, mas que não foi convocado para a Copa América.

"Não penso em meu futuro porque vou respeitar meu contrato com o Flamengo", declarou o camisa 9 do Fla, que disse estar sentindo falta de jogar junto com Farfán. "Gostaria que Jefferson fosse para o futebol brasileiro. Se for possível no Flamengo, melhor ainda", revelou.

Após o treino da seleção peruana desta quarta, Guerrero destacou o desejo de permanecer no Rubro-Negro e lamentou a ausência de Farfán e outros antigos companheiros, como o meia Juan Manuel Vargas e o também atacante Juan Manuel Vargas, que não foram chamados pelo técnico Ricardo Gareca.

Atualmente vinculado ao Al Jazira, dos Emirados Árabes, Farfán está a procura de um novo clube. O atleta de 31 anos ficou fora de metade da temporada, de novembro até março, inclusive sem vínculo federativo, devido a uma lesão no tornozelo.

A imprensa local do Peru informou nos últimos dias que o atacante e seu representante estão negociando sua transferência para o Flamengo. O Deportivo Municipal, clube no qual o jogador foi formado, manifestou interesse em contar com o ídolo na disputa da próxima Copa Sul-Americana.

Esporte