PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Filho diz que família que decidiu por velório público para Johan Cruyff

29/03/2016 13h16

Barcelona, 29 mar (EFE).- Jordi, um dos filhos de Johan Cruyff, participou de homenagem ao pai nesta terça-feira, na sala de imprensa do Barcelona, em que admitiu que a família abandonou a ideia de realizar funeral privado, para permitir homenagens no estádio Camp Nou.

O ato de hoje aconteceu na sala de imprensa do clube catalão e foi marcada para às 14h (9h no horário de Brasília), fazendo referência ao número que o holandês eternizou durante a carreira, no Barça, no Ajax, no Feyenoord e na seleção holandesa.

"Minha mãe, minhas irmãs, vimos demonstrações de carinho e de respeito. Apesar de que meu pai preferiria tudo privado, com 15 pessoas, entendemos que Johan não é só nosso, mas um pouco de todos", disse Jordi, que também jogou no Barcelona.

O ex-atleta ainda aproveitou para agradecer a imprensa por ter acatado o pedido dos familiares pela preservação da privacidade, desde outubro do ano passado, quando foi divulgado que o pai lutava contra um câncer.

O Memorial Cruyff, montado para fazer a última homenagem ao ídolo, será fechado às 21h (16h no horário de Brasília). A previsão é de que 50 mil pessoas passem pelo local.

Esporte